Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria Helena - A Vida depois das cartas!

As minhas outras facetas para além da profissional. Eu, como mulher, mãe e avó, abro as portas do meu mundo.

Maria Helena - A Vida depois das cartas!

As minhas outras facetas para além da profissional. Eu, como mulher, mãe e avó, abro as portas do meu mundo.

Um pouco da minha história de vida... não nasci num berço de ouro!

Olá olá!!!

 

Nem todos conhecem a minha história de vida. Na verdade, não nasci num berço de ouro. Nasci numa família humilde, isenta de luxos, onde a ambição não tinha lugar. Fui uma jovem um pouco passiva, acomodada e apática e, houve um tempo em que não precisava que ninguém me deitasse abaixo, porque eu própria me encarregava disso. Dizia coisas más de mim própria como «tu não és capaz», «isto é muito difícil», «isto não é para ti». Durante muitos anos, acreditei que, em várias áreas da minha vida, não conseguia evoluir. Os meus pais não estudaram e eu cresci a acreditar que não conseguia estudar e que ter um curso superior não era para mim.

 

Até que um dia comecei a dar atenção ao meu diálogo interior. Então, todos os dias comecei a praticar o pensamento positivo e comecei a incentivar-me. Foi após esta mudança de pensar que a minha vida deu uma reviravolta. Aos 43 anos, tomei a decisão de entrar na universidade e, passados cinco anos, licenciei-me em Sociologia.

 

Pelo caminho ficaram outras especializações, trabalhos de secretariado, de florista, comerciante, mas a sua paixão sempre foi o mundo esotérico. Comecei por lançar tarot aos amigos, ainda jovem. Aprendi a fazê-lo com uma vizinha e aprofundei os meus conhecimentos durante o período em que vivi no Brasil. Durante a maior parte da minha vida não cobrava nada, fazia-o como uma dádiva que me fora concedida. Só quando os meus filhos foram para a universidade estudar é que eu resolvi dedicar-me por inteiro ao esoterismo e fazer do tarot uma profissão. Foi só a partir dos 50 anos que comecei a cobrar dinheiro pelas consultas e, posteriormente, abri o Centro Maria Helena.

 

Sempre trabalhei muito para ser o que sou hoje! Nunca houve limites para os meus sonhos. Com fé e devoção, fui crescendo e continuo a crescer. E parar é algo que não passa pelos meus horizontes!

 

IMG_8593 (2).JPG

Espero ter sido útil nos meus conselhos!

Um grande beijinho,

Maria Helena

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.